Academic
Publications
Escala de avaliação de tipos psicológicos: validade e precisão

Escala de avaliação de tipos psicológicos: validade e precisão,Ilmara Fátima De Moraes,Ricardo Primi

Escala de avaliação de tipos psicológicos: validade e precisão  
BibTex | RIS | RefWorks Download
Resumo Este estudo investiga as validades de conceito e com referência ao critério, e a precisão por consistência interna da Escala de Autoavaliação Tipológica, desenvolvida com base na teoria tipológica de C. G. Jung, para ser utilizada como critério em um estudo de validação do QUATI. Participaram 185 estudantes de oito cursos de graduação. Os instrumentos construídos para avaliar as atitudes e funções propostas por Jung devem refletir uma dimensionalidade de maneira consistente com sua teoria de tipos psicológicos. A análise fatorial e o estudo da consistência interna indicaram que as dimensões intuição-sensação, introversão-extroversão e pensamento- sentimento parecem ter sido adequadamente operacionalizadas, embora os coeficientes estejam abaixo dos valores aceitáveis. Alguns problemas foram encontrados na representação da dimensão intuição-sensação. O estudo da validade com referência ao critério, tomando como parâmetros a Escala Heteroavaliação, construída para esse fim, e o Questionário de Avaliação Tipológica (QUATI) confirmam as qualidades do instrumento. Nosso estudo sugere a necessidade de aperfeiçoamento da Escala de Autoavaliação Tipológica, já que esta apresentou características promissoras em termos de validade e precisão. Palavras-chave: Avaliação Psicológica; Tipos Psicológicos de C. G. Jung; Validade e Precisão. Psychological type evaluation scale: validity and reliability Abstract This study investigates the conceptual and criterion validity, and internal consistency reliability of the Psychological Type Evaluation Scale, for psychological type assessment based on C. G. Jung's theory. This scale has been developed as a criterion measure to study the validity of the Typological Assessment Questionaire (QUATI). The participants were 185 undergraduate students from eight courses. If the scale evaluates attitudes and functions as proposed by Jung, it must reflect a dimensionality in a consistent manner with his theory of psychological types. Factor analysis and internal consistency studies have indicated that introversion-extroversion and thinking-feeling dimensions seem to be adequately represented although the coefficients are below the acceptable values. Problems were found in the representation of the intuition - sensation dimension. The investigation of the criterion validity, taking as external criteria the scores from the Scale for Hetero-Evaluation and QUATI, confirms the qualities of the Auto-Evaluation Scale. Additional studies are suggested concerning the improvement of Auto-Evaluation Scale, which showed encouraging characteristics related to validity and reliability.
Cumulative Annual
View Publication
The following links allow you to view full publications. These links are maintained by other sources not affiliated with Microsoft Academic Search.